Modelo Atômico de Sommerfeld


O físico alemão Arnold Johannes Wilhelm Sommerfeld, em 1915, estudando os espectros de emissão de átomos mais complexos que o hidrogênio, admitiu que em cada camada eletrônica (n) havia 1 órbita circular e (n-1) órbitas elípticas com diferentes excentricidades. Essas órbitas elípticas foram então chamadas de subníveis ou subcamadas e caracterizadas por l,onde l=0, l=1, l=2 e l=3 são respectivamente os subníveis s, p, d f. Por exemplo, na 4ª camada há uma órbita circular e três elípticas.


Ele propôs este modelo através na teoria da relatividade de Einstein e da teoria quântica, assim podendo explicar detalhes dos espectros. Como ele complementou o que Bohr não conseguia explicar satisfatoriamente para átomos além dos hidrogenoides, o modelo ficou conhecido como Bohr-Sommerfeld.
A energia do elétron seria determinada pela distância em que se encontrava do núcleo e pelo tipo de órbita que descreve.



Referências
  1. Rozenberg, I. M.; Química Geral, 1ª ed., Ed. Blucher, São Paulo,2002.
Fontes de Informação
  1. Acedido dia 01 de Novembro de 2012 em http://pt.wikipedia.org/wiki/Evolu%C3%A7%C3%A3o_dos_modelos_at%C3%B4micos
  2. Acedido dia 04 de Novembro de 2012 em http://quimicacoma2108.blogspot.com.br/2010/03/modelo-atomico-de-arnold-sommerfeld.html

7 comentários:

  1. muito boom me a judo muito

    ResponderExcluir
  2. Gostei, me ajudou muito. Obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo, ajudou muito!

    ResponderExcluir
  4. quero ver se vai me ajuda, principalmente com essa professora que passou uma maquete dificil.....
    por favor eu quero tirar 3,0 pontos

    ResponderExcluir